Notícias, ações e informações

.Cultura faz chamamento para Oficinas Culturais

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria da Cultura, lançou edital de chamamento público para a contratação de interessados na prestação de serviços de Oficinas Livres. O edital foi publicado na Imprensa Oficial (IOMO) do dia 4/5. Os interessados terão até o dia 29/6 para fazer a inscrição presencial na Secretaria da Cultura, das 10h às 16h, ou encaminhá-la pelos Correios, sendo que será considerada a data da postagem.

As propostas deverão contemplar atividades práticas, lúdicas e de fruição cultural, que instiguem à experimentação e reflexão, a iniciação da prática artística, a formação de grupos, o conhecimento e desenvolvimento dos modos de produção nas seguintes modalidades: artes visuais, capoeira, dança, dramaturgia, elaboração de projetos culturais, figurino, literatura, música, performance, produção cultural, teatro, circo, técnicas corporais, técnicas manuais, hip hop, cultural tradicional, audiovisual, multimídia, entre outros.

Poderão participar todos os profissionais das áreas artística e cultural, maiores de 18 anos, residentes no município há, no mínimo, 2 anos, e que apresentem toda a documentação exigida. Não poderão se inscrever servidores municipais. No caso de propostas coletivas, todos os coautores devem preencher os requisitos de participação.

As atividades propostas deverão ser adaptáveis para espaços diversos como auditório, salas multiuso, espaços alternativos e ambientes externos. Os projetos serão avaliados por uma comissão e os escolhidos integrarão um banco de dados específico, que terá prazo de validade de um ano, e poderão ser convocados para contratação, conforme os programas desenvolvidos pela secretaria.

 

MODALIDADES DAS OFICINAS

Artes visuais – pintura, fotografia, desenho, gravura, colagem, quadrinhos, entre outros.

Capoeira – capoeira, capoeira de angola e capoeira regional.

Dança – balé, jazz, danças urbanas, danças brasileiras e do mundo.

Dramaturgia – criação e elaboração de textos e peças curtas, com ênfase em processos coletivos de criação, estudo dos estilos dramatúrgicos, oficina teórica e prática que poderá se relacionar com outras mídias como cinema, TV e rádio.

Elaboração de projetos culturais – atividade relacionada à área de produção, que tenha como foco a elaboração de projetos artísticos com o intuito de preparar os artistas na confecção de suas propostas de trabalho para editais, e a novos estímulos para a execução de seus processos.

Figurino – serão aceitas propostas que componham a área de figurino, tais como: confecção, modelagem, moda, croquis, maquiagem, visagismo e customização.

Literatura – mediação de leitura (texto literário), de poesia, contos, narrativas, crônicas e demais gêneros literários.

Música – iniciação musical em violão, flauta, percussão, demais instrumentos, canto coral, teoria musical etc.

Performance – atividades de experimentos artísticos interlinguagem e ações de intervenção urbana com abordagem teórica e prática para acontecer nos espaços interno e externo dos equipamentos.

Produção cultural – as propostas serão analisadas a partir das demandas do setor cultural. O aluno deverá ter noções básicas das etapas para uma produção executiva e direção de produção de espetáculos ou ações culturais. Para isso, o candidato precisará apresentar na proposta da oficina: noções de administração, de assessoria jurídica, de assessoria de comunicação e marketing cultural.

Teatro – todos os estilos teatrais, tais como: iniciação a linguagem teatral, teatro de rua, contação de histórias, máscaras, clown, narrativo, dramático, pós-dramático, de criação coletiva ou colaborativa, improvisação, criação de cenas, entre outros.

Técnicas corporais – yoga, tai chi chuan, pilates, parkour e lian gong.

Técnicas manuais – técnicas de artesanato da cultura popular, técnicas de rendas manuais e técnicas de artesanato indígena.

Hip hop – propostas de oficinas em qualquer um dos quatro elementos do hip hop: breaking, grafite, DJ e MC.

Multimídia – pesquisa e produção artística ou cultural em meios digitais, desenvolvimento de aplicativos e softwares, projetos de convergência e interatividade.

Audiovisual – cinema, vídeo, jogos digitais e internet.

Cultural tradicional – jongo, cacuria, tambor de crioula, samba de roda, culinária, cultural oral, contação de histórias, lendas e mitos e/ou a mescla de diversas linguagens características destas culturas.

Circo – propostas de oficinas de diferentes especialidades, tais como malabarismo, palhaço, monociclo, ilusionismo, entre outros.

 

SERVIÇO

Chamamento Público para contratação de interessados na prestação de serviços de oficinas livres

Inscrições: até 29/6 na Secretaria da Cultura (Avenida Visconde de Nova Granada, 513), das 10h às 16h, ou pelos Correios, sendo que será considerada a data do carimbo da postagem

Edital: publicado na Imprensa Oficial (disponível no portal www.osasco.sp.gov.br) de 4/5/2018

Mais informações: (11) 2183-6199

 

Fonte: http://www.osasco.sp.gov.br/noticias/cultura-faz-chamamento-para-oficinas-culturais

 

 

 

  • Inscrições para o Enem 2018 abrem na segunda-feira (7)

Os estudantes interessados em participar contarão com prazo até dia 18 para se inscrever

 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 abrirá inscrições na próxima segunda-feira, dia 7 de maio. Os estudantes interessados em participar da principal avaliação do Brasil deverão se inscrever até o dia 18 do mesmo mês. A taxa será de R$ 82.

Saiba tudo sobre o Enem 2018

Todo o processo de inscrição será feito pela internet, no site oficial do Enem. Os estudantes deverão informar o número do CPF, um endereço de e-mail válido, um número de celular e cadastrar uma senha para ter acesso ao sistema de inscrições.

Os participantes deverão preencher ainda as informações pessoais, endereço, dados de escolaridade e socioeconômicos, local de prova e opção língua estrangeira (inglês ou espanhol). Também é necessário ter um documento de identidade pessoal e com foto.

É importante ter muita atenção na hora de registrar esses dados, pois algumas informações não podem ser alteradas posteriormente, como local de prova.

Veja o passo a passo de como se inscrever no Enem 2018

Pagamento

Ao fim da inscrição, o candidato que não for isento deve gerar o boleto da taxa de inscrição. O pagamento precisa ser feito até o dia 23 de maio em agências bancárias, casas lotéricas, internet banking ou agências dos Correios. Somente serão confirmadas as inscrições dos estudantes isentos ou que pagarem a taxa no prazo previsto.

Para o Enem 2018, o Inep recebeu os pedidos de isenção antes do período de inscrições, entre os dias 2 e 15 de abril. Confira o resultado dos pedidos de isenção no Enem 2018.

Provas do Enem 2018

As provas do Enem 2018 serão aplicadas nos dias 4 e 11 de novembro, dois domingos. Em ambos os dias os participantes terão que responder 90 questões objetivos, mas no primeiro domingo também tem prova de redação.

Dia 4/11: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Redação.
Dia 11/11: Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias.

O primeiro dia de provas terá cinco horas e meia de duração, e o segundo cinco horas. As provas começarão às 13h30, horário de Brasília, mas os candidatos deverão chegar até as 13h.

A previsão é de que o gabarito oficial do Enem 2018 seja publicado três dias úteis após o segundo dia de provas. Já o resultado final, com o desempenho dos participantes no exame, é esperado para janeiro de 2019.

Com as notas do Enem 2018, os estudantes podem ingressar em instituições públicas por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). O exame também é usado em universidade privadas, oferecendo bolsas de estudos com o Programa Universidade Para Todos (ProUni) e financiando as mensalidades por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Para mais informações, acesse o edital do Enem.

 

Fonte: https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/inscricoes-para-enem-2018-estarao-abertas-partir-segunda-feira/342552.html

 

 

 

 

  • O que pode cair de Matemática no Enem 2018 e dicas de como estudar

 

Saber o que pode cair no Enem 2018 e adotar bons métodos de estudo é essencial para obter boas notas de Matemática.Por Luiz Paulo Moreira Silva

 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é composto por 180 questões e por uma redação. Quarenta e cinco dessas questões são de Matemática, a disciplina mais temida pela maioria dos estudantes. É com o objetivo de facilitar o processo de preparação para esse exame que listamos aqui os conteúdos de Matemática que podem cair no Enem 2018 e damos algumas dicas de estudo que poderão facilitar o aprendizado e aumentar a nota do estudante.

O que pode cair em Matemática no Enem 2018?

 

Oficialmente, o conteúdo das provas do Enem é dado por meio das matrizes de referência de cada área do conhecimento. Conforme essas matrizes, em especial a parte comum a todas as disciplinas, o aluno deverá conseguir:

1 – Dominar linguagens;
2 – Compreender fenômenos;
3 – Enfrentar situações-problema;
4 – Construir argumentação e
5 – Elaborar propostas.

Todas esses eixos cognitivos são desenvolvidos nas questões do Enem, inclusive nas de Matemática. Com relação à matriz de referência de Matemática e suas tecnologias, os conteúdos cobrados no Enem são:

1 – Conjuntos numéricos;
2 – Geometria plana e espacial;
3 – Grandezasmedidasrelações entre grandezas e variação de grandezas;
4 – Álgebra;
5 – Gráficos e tabelas, estatística;
6 – Análise combinatória e probabilidade.

Entretanto, esses conteúdos são expostos na matriz de referência como competências e, dentro delas, existem diversas habilidades que são avaliadas. O modo como essas competências e habilidades são apresentadas deixa claro que a avaliação apresenta possíveis problemas do cotidiano e espera que os alunos sejam capazes de resolvê-los usando conhecimentos oriundos do ensino fundamental e médio.

Não é necessário fazer grande análise dessa lista de conteúdos para descobrir que questões sobre qualquer conteúdo da Matemática do ensino médio podem cair no Enem, entretanto, historicamente, nem todos os conteúdos do ensino médio são cobrados no exame.

O que caiu com maior frequência nas provas anteriores?

Os conteúdos que caem no Enem com maior frequência são:

1 – Estatística: o participante deve fazer análise de gráficos e tabelas para obter informações de situações, geralmente reais.

2 – Proporções: o estudante deve conhecer bem as regras de três simples e composta e saber como construir proporções, o que são grandezas inversa e diretamente proporcionais, etc.

3 – Probabilidade: o participante deve encontrar possibilidades de ocorrência de um evento.

4 – Análise combinatória: o aluno deve conhecer técnicas usadas para contar os elementos de algum conjunto.

5 – Funções: são regras que relacionam elementos entre conjuntos de acordo com um conjunto de normas preestabelecidas para isso.

6 – Geometria plana e espacial: conteúdos que envolvem os conhecimentos a respeito de figuras planas e espaciais, inclusive o conteúdo de trigonometria e geometria analítica.

7 – Progressões: conteúdos que tratam de progressões numéricas conhecidas como PA (progressão aritmética) e PG (progressão geométrica).

Esses conteúdos são os mais frequentes e costumam apresentar mais de uma questão em cada avaliação do Enem. Em 2016, por exemplo, cerca de 10 questões (de 45 no total) foram a respeito de proporções e poderiam ser resolvidas usando a regra de três.

Dicas de estudo

Dica 1: Estude primeiro os conteúdos mais frequentes no exame. 

A chance de esse conteúdo aparecer com a mesma frequência que apareceu nos exames anteriores é grande, pois os critérios de avaliação e de elaboração para essa prova são os mesmos. Por essa razão, estudar os conteúdos mais frequentes – não só de Matemática, mas de todas as disciplinas – é importante para aumentar a possibilidade de acerto de questões.

É claro que não se deve negligenciar os conteúdos não encontrados nessa lista. Muitos deles são a base desses mais recorrentes.

Dica 2: Estudar muita matemática básica. 

Por exemplo: para resolver uma questão envolvendo área do quadrado, pode ser que o aluno precise saber algumas técnicas envolvendo equações. Ele pode ter estudado conceitos muito avançados a respeito de diversos conteúdos, mas, se não souber a matemática básica, não poderá fazer muito no Enem.

Dica 3: Fazer exercícios e, depois, fazer mais exercícios. Quando eles acabarem, refazer todos.

Os exercícios não vão acabar, mas é necessário que o estudante faça o máximo deles que for possível e que os resolva todos os dias. Quanto mais parecidos com as questões do Enem, melhor será o desempenho nesse exame.

É por meio dessa prática que o aluno se habitua com os métodos usados pela Matemática e com seus segredos. Também é resolvendo exercícios que o estudante poderá saber de suas fraquezas e, assim, poderá fortificá-las sem desperdício de tempo.

Dica 4: No dia da prova, começar pelas questões fáceis.

No Enem, o aluno que acerta todas as questões difíceis, mas erra as fáceis, é penalizado. Isso porque alguns estudantes começam pelas difíceis e gastam muito tempo nelas. Ao final do exame, são obrigados a “chutar” as respostas das questões fáceis.

O participante que começa a resolver as questões fáceis costuma gastar pouco tempo nelas, e isso faz com que haja um prazo melhor para resolver as difíceis. Isso torna o resultado da avaliação mais consistente, o que, por si só, já melhora a nota final do estudante.

Dica 5: Faça revisões todos os dias.

Uma vez por semana, relembre todo o conteúdo estudado na semana. Uma vez por mês, faça o mesmo para o conteúdo mensal. Faça exercícios sobre os conteúdos que já foram estudados respeitando um intervalo de tempo, que sugerimos não extrapolar duas semanas.

Essa dica é muito importante, pois é fundamental ter certeza de que nada foi esquecido no tempo que se passou entre o estudo de determinado conteúdo e o dia da prova.

Dica 6: Não desanime! 

Estudar não é tarefa fácil. Acertar questões é a etapa final de uma trajetória que envolve errar outras, estudar, errar mais questões, tirar dúvidas com colegas, professores e internet…

Dica 7: Descanse!

Com um corpo cansado, a produtividade é mínima, mas não use o descanso como desculpa para estudar menos do que poderia.

 

Fonte: https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/o-que-pode-cair-matematica-no-enem-2018-dicas-como-estudar.htm

Saiba quais carreiras estarão em alta até 2020

Confira algumas carreiras e profissões que são garantia de empregabilidade e boa remuneração até o ano de 2020!

Decidir qual a carreira ideal ou aquela que trará a melhor oportunidade de emprego ao se formar é uma tarefa que envolve muitos fatores. Entre eles, certamente, é importante levar em conta como estará o mercado nos próximos anos e se determinada profissão estará em alta.

Um das formas de saber se uma profissão estará em alta é consultar pesquisas como a da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que ouviu mais de 400 empresas, representando mais de 2,2 milhões de empregados, para saber quais profissionais continuarão a ser contratados nos próximos anos. Foram entrevistados profissionais de Recursos Humanos e do setor operacional e pesquisa foi dividida nas áreas de Gestão e de Produção.

Confira as carreiras e profissões que estarão em alta até 2020!

Área de Gestão

De acordo com a pesquisa da Firjan, os 10 setores de atuação que surgem com grandes possibilidades de contratação até o ano de 2020 são:

  1. Compras
  2. Comercial
  3. Tecnologia da Informação (TI)
  4. Serviços Gerais
  5. Planejamento
  6. Atendimento ao Cliente
  7. Recursos Humanos
  8. Marketing
  9. Comunicação
  10. Ouvidoria

Área de Produção

Já na área de produção, as oito áreas de atuação que aparecem com ótimas perspectivas para o futuro são:

  1. Engenharia
  2. Produção
  3. Gestão de Qualidade
  4. Projetos
  5. Pesquisa e Desenvolvimento
  6. Segurança e Saúde Operacional
  7. Meio Ambiente
  8. Manutenção

Profissões em alta até 2020

A pesquisa também se propôs a auxiliar os estudantes, listando algumas profissões que possuem índice expressivo de aumento na procura até o ano de 2020.

Confira abaixo a lista com as profissões que estarão em alta até 2020:

  1. Supervisores de Produção em Indústrias de transformação de plástico
  2. Engenheiros de Petróleo
  3. Técnicos em Sistemas de Informação
  4. Trabalhadores de tratamento de superfícies de metais e de compósitos
  5. Engenheiros de mobilidade
  6. Técnicos em mecatrônica
  7. Biotecnologistas
  8. Engenheiros ambientais e sanitários
  9. Desenhistas técnicos em eletricidade, eletrônica e eletromecânica

O levantamento da Firjan reforça o que todo mundo já sabe: para entrar e se manter competitivo no mercado, ter uma boa formação é fundamental, independentemente do cargo pretendido:

  • Para a área de produção, será muito difícil conseguir um bom emprego sem ao menos um curso técnico.
  • Na área de gestão, é fundamental ter nível superior.
  • Em ambos os casos, para assumir cargos de gerência e diretoria o candidato deverá ter ao menos uma pós-graduação.

Dentre as melhores profissões constatou-se que cinco delas são de nível superior (Engenheiros de Petróleo, Técnicos em Sistemas de Informação, Engenheiros de mobilidade, Biotecnologistas, Engenheiros ambientais e Sanitários), duas delas são de nível médio/técnico (Técnicos em Mecatrônica e Desenhistas Técnicos em Eletricidade, Eletrônica e Eletromecânica) e duas delas são para profissionais com nível básico (Supervisores de Produção em Indústrias de transformação de plástico, Trabalhadores de tratamento de superfícies de metais e de compósitos).

Onde estudar

Os cursos técnicos de nível médio são oferecidos por instituições públicas e privadas de todas as regiões do País e há programas do Governo Federal, como o Pronatec, que oferecem vagas em cursos técnicos gratuitos. Instituições do chamado “Sistema S” (Senai, Senac, etc.) costumam ter bons cursos técnicos. São inúmeras as opções de curso técnico, você pode consultar todas as possibilidades no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

Se o seu objetivo é fazer uma faculdade, é importante escolher uma instituição autorizada e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). São milhares de opções em todo o País, com cursos presenciais e a distância.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores que estarão em alta:

Fonte: https://www.guiadacarreira.com.br/carreira/as-carreiras-e-profissoes-que-estarao-em-alta-ate-2020/

CPTM abre concurso com 73 vagas para maquinistas
 
 
A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) abriu nesta quarta-feira, dia 11, concurso público para contratação de 73 maquinistas (operadores de circulação). Para participar do concurso, os candidatos devem ter no mínimo 18 anos, Ensino Médio completo e e certificado do curso de Eletricidade Básica, com carga horária mínima de 40 horas, reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação). O salário inicial da função de maquinista é de R$ 3.313,68 para uma jornada de oito horas diárias.
Dentre as funções do cargo, estão a operação de trens e/ou locomotivas, comunicando-se com os usuários, CCO (Centro de Controle Operacional) e demais áreas, atuação para equipagem dos trens e/ou locomotivas, além de procedimentos de operação. O edital completo com mais informações sobre o processo está disponível no site www.rboconcursos.com.br. As inscrições podem ser realizadas pelo mesmo site até o dia 23 de abril. Após preencher o formulário de inscrição, o candidato deve imprimir o boleto e realizar o pagamento da taxa de R$15,70 em qualquer agência bancária. O processo será dividido em três etapas. A prova de conhecimentos teóricos acontece em 13 de maio e será eliminatória. Serão convocados para a etapa seguinte – Avaliação de Perfil Profissional – os candidatos classificados que obtiverem 50% de acertos na soma da pontuação geral e 50% de acertos em cada disciplina. Já a última será avaliação médica.
 
Fonte: http://www.webdiario.com.br/noticia/18503/cptm-abre-concurso-com-73-vagas-para-maquinis

 

Tudo sobre o protocolo WPA3 que deixa a Internet Wi-Fi mais segura

 

Especificação promete melhorar proteção em redes públicas e entregar criptografia eficiente

 

O WPA3 é um novo protocolo das redes Wi-Fi, uma evolução do WPA2 – que é o mais utilizado atualmente. A novidade, que deve chegar ainda em 2018, promete oferecer mais segurança para a troca de dados dentro da rede ao adicionar uma série de recursos de proteção, como um novo tipo de criptografia e resistência a ataques de “força bruta”. O WPA3 teve mais detalhes divulgados em janeiro pela Wi-Fi Alliance, entidade que controla as certificações da conexão sem fio.

Nas linhas a seguir, saiba quais são as novidades do WPA3 e como ele deve ajudar a proteger a rede Wi-Fi de ataques e do roubo de informações.

O que é WPA?

O WPA (Wi-Fi Protected Access) foi implantado em 2003 para substituir o WEP (Wired Equivalent Privacy). O WPA introduziu uma autenticação mais robusta, o que tornou a conexão sem fio mais segura. A justificativa para a criação desse sistema pode ser entendida a partir da popularização das conexões sem fio, que promoveu também o crescimento do apelo por uma maior proteção dos dados trocados dentro da rede.

Entretanto, apenas um ano depois, em 2004, foi lançada a segunda geração do WPA. O WPA2 redefiniu a forma como o roteador e dispositivos se comunicam ao adicionar uma criptografia AES, mais eficiente. Assim, o protocolo passou a dificultar que informações trocadas entre um ponto de acesso (roteador) e um dispositivo (smartphone, TV, etc) sejam rastreadas com facilidade.

 

Vulnerabilidade WPA2

Há 14 anos, o WPA2 tem sido recomendado como proteção para redes Wi-Fi. Porém, em 2017, foi descoberta uma vulnerabilidade crítica que abalou a reputação do protocolo de segurança. A brecha conhecida como Krack permitiu a hackers mal-intencionados interceptarem dados de sites sem HTTPS, pela rede sem fio.

A falha estava no “handshake” (aperto de mão, em inglês), processo do WPA2 em que duas máquinas firmam um acordo antes de iniciar a troca de dados. Pesquisadores de segurança conseguiram burlar a chave única de comunicação e, a partir daí, reter informações trocadas pela rede.

 

O erro pode ser corrigido via software e provocou uma corrida entre diversas empresas para liberarem a atualização aos usuários. Por conta disso, na época, especialistas dispensaram o WPA3. No entanto, pouco tempo depois, a Wi-Fi Alliance revelou mais detalhes sobre o novo protocolo de segurança que traz, de forma nativa, a proteção contra o Krack.

O que o WPA3 traz de novo?

  1. Mais proteção em Wi-Fi público -Acessar a Internet de uma rede pública pode oferecer riscos e, por isso, é sempre recomendado ter prudência ao usar Wi-Fi de shoppings, aeroportos e hotéis. Isso porque, como elas são abertas, o tráfego de dados não é criptografado e viabiliza que informações, como páginas visitadas, possam ser acessadas por terceiros. A situação pode ser ainda pior caso a página ou o app não utilize a criptografia HTTPS.

Esse é um dos pontos que o WPA3 pretende melhorar. O novo protocolo vai adicionar a criptografia para a troca de dados, mesmo em redes sem proteção por senha. Desta forma, as informações trocadas pelos dispositivos ficarão sob a guarda de uma chave única. Será bem mais difícil conseguir interceptar os registros, pois será preciso quebrar a codificação.

  1. Novo handshake- Quando um dispositivo se conecta à rede, ele negocia com o roteador a chave única de criptografia a ser usada para resguardar as informações trocadas. Isso garante que a senha de proteção da rede foi digitada corretamente.

O WPA3 adiciona uma proteção extra ao handshake. A promessa é trazer mais segurança para o novo protocolo contra ataques de “força bruta”, quando um hacker maldoso utiliza um código ou uma ferramenta para testar milhares de senhas em questão de minutos.

Com isso, mesmo que a rede seja configurada com uma senha fraca será mais difícil descobri-la por meio desse método. A camada extra de segurança foi elogiada por Mathy Vanhoef, um dos pesquisadores responsáveis por descobrir a vulnerabilidade Krack.

  1. Mais amigável para IoT- Hoje, há uma infinidade de dispositivos conectados e esse cenário deve aumentar nos próximos anos. A Internet of Things ou “Internet das Coisas” (IoT na sigla em inglês) já é uma realidade. Entretanto, ligar um aparelho sem tela ao Wi-Fi, até agora, não tem sido simples. Ainda é preciso da ajuda de um dispositivo externo – um aplicativo para smartphone, por exemplo.

O WPA3 quer tornar a conexão Wi-Fi para dispositivo sem display ou com interface limitada mais fácil. Ainda não ficou muito claro como isso será possível. A princípio, acredita-se que seja por meio de um botão, semelhante à conexão WPS realizada atualmente. No entanto, mais detalhes sobre esse processo devem ser divulgados nos próximos meses.

  1. Criptografia mais robusta- O WPA3 também vai adicionar um novo tipo de criptografia, em conformidade com o Comitê de Segurança Nacional dos Estados Unidos. O novo tipo de codificação é mais robusto, de 192-bit. Essa especificação poderá oferecer mais segurança à troca de dados em entidades que lidam com informações sensíveis, como organizações militares, governos e indústria.

 

Meu dispositivo é compatível?

Dispositivos atuais não trazem o WPA3 de fábrica. Isso quer dizer que a troca dos aparelhos será necessária para usufruir dos benefícios. Ou seja, tanto o roteador quanto o dispositivo (celular ou notebook, por exemplo) devem ser certificados pela Wi-Fi Alliance como compatíveis com o novo protocolo de segurança.

Isso não impede que um roteador com WPA3 funcione com um aparelho sem a certificação. Da mesma forma como hoje é possível selecionar o protocolo de segurança no roteador — WPA2, WEP e WPA — é provável que os pontos de acesso futuro também tragam esta opção.

Quando chega?

Segundo a Wi-Fi Alliance, os primeiros aparelhos compatíveis com o WPA3 devem ser lançados em 2018. Porém, até o momento, ainda não há informações sobre roteadores ou dispositivos adaptados ao protocolo. A transição para a nova forma de segurança das redes Wi-Fi deve se prolongar durante os próximos anos.

 

Fonte: https://www.techtudo.com.br/noticias/2018/04/tudo-sobre-o-protocolo-wpa3-que-deixa-a-internet-wi-fi-mais-segura.ghtml

Denatran suspende inspeção obrigatória para renovação do licenciamento

 

Resolução nº 716 do Contran foi suspensa por tempo indeterminado

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) decidiu suspender por tempo indeterminado a Resolução nº 716, de 30 de novembro de 2017, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que tornaria obrigatória a Inspeção Veicular para renovação do licenciamento anual de um automóvel em todo o Brasil.

A decisão foi publicada na edição desta sexta-feira (06) do Diário Oficial da União (DOU).

Pela resolução, os carros deveriam passar pelas inspeções como parte do processo de renovação do licenciamento — e para obtenção do Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV).

Elas teriam dois anos de validade. O início do processo era previsto para o próximo 1º de julho, data limite para que os departamentos de trânsito estaduais (Detrans) enviassem ao Denatran o cronograma necessário para realização dos procedimentos.

De acordo com o diretor do Denatran, Maurício Alves, a definição dos requisitos para criação do cronograma é um dos motivos que dificulta a implementação dessa resolução.

“Estamos sempre atentos às demandas dos Detrans, que são nossos parceiros na fiscalização das leis de trânsito, e entendemos que esse processo precisa passar por um debate mais aprofundado, para que possamos aplicá-lo da melhor maneira possível, com o mínimo de transtorno à população”, explicou.

Ainda não há data ou previsão para que o tema volte a ser discutido.

Fonte: https://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2018/04/06/denatran-suspende-inspecao-obrigatoria-para-renovacao-do-licenciamento.htm

Como deixar seu e-mail mais seguro? Veja dicas

E-mails não costumam ser um meio de comunicação muito seguro, mas algumas estratégias podem ajudar na sua privacidade

 

O e-mail deixou de ser a forma de comunicação mais popular no dia a dia, especialmente entre os mais jovens, mas continua sendo parte importante da vida digital. Só em 2017, cerca de 320 bilhões de e-mails foram enviados no mundo. O que muitos não sabem é que o correio eletrônico tem pouquíssima segurança. Hacks são frequentes e o acesso por terceiros, como empregadores e forças da segurança, é bem fácil de acontecer. Além disso, uma mensagem passa por vários intermediários – como pelos provedores de Internet e clientes de e-mail, por exemplo – deixando pouco espaço para privacidade. Esses problemas, porém, podem ser evitados com algumas medidas de segurança.

1. Cuidados com a senha

Muitos usuários ainda hoje usam senhas simples e comuns demais, que podem ser facilmente descobertas. A lista de senhas mais utilizadas no ano passado inclui “123456”, “Password” e “starwars”. Outro erro habitual é usar a mesma senha em vários serviços, o que facilita a violação de múltiplas contas ao mesmo tempo.

 

 

Portanto, crie senhas maiores e mais fortes. A ideia de senha segura mudou e hoje já se sabe que uma combinação complexa entre letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais não significa necessariamente uma boa senha. É mais importante formar senhas longas. Além disso, se você optar por uma frase, fica muito mais fácil lembrar dessa senha. Veja mais no https://www.techtudo.com.br/noticias/2018/04/como-deixar-seu-e-mail-mais-seguro-veja-dicas.ghtml

Como se preparar financeiramente para empreender.

Saiba como planejar suas finanças para começar o novo negócio com o pé direito

Criar um novo negócio, ser o próprio patrão, ganhar mais flexibilidade e fazer os próprios planos estão entre os principais gatilhos que fazem milhares de brasileiros ter vontade de empreender. Mas poucos deles conseguem, de fato, dar o primeiro passo e entrar de cabeça no mundo do empreendedorismo.

Existem diversos motivos para que isso aconteça. Pode ser o receio de prejudicar o padrão de vida, falta de tempo para se dedicar ao planejamento ou pressão familiar em se manter no emprego CLT, por exemplo. Mas um dos principais fatores que impedem os brasileiros de empreender, certamente, é a falta de estrutura financeira.

Quando alguém decide abandonar o emprego e abrir um negócio, geralmente é necessário um certo investimento para transformar a ideia em uma empresa de verdade.

Mesmo que você já tenha um plano de negócios pronto e tenha validado o seu modelo empresarial, ainda será preciso contratar um profissional para criar uma boa identidade visual, eventualmente comprar equipamentos e mobiliário para começar a trabalhar, adquirir matéria-prima e embalagens e por aí vai.

E, além disso, é preciso lembrar que, mesmo quando o negócio abrir as portas, é bem provável que, nos primeiros meses, boa parte do valor que entrar no seu caixa tenha de ser destinada a cobrir despesas necessárias para a abertura da empresa.

Ou seja, é preciso ter uma reserva financeira para manter o negócio funcionando enquanto não dá lucro, e também para manter suas próprias despesas pessoais em dia.

Então é mesmo impossível começar um negócio se, hoje, você não tem um orçamento alto para isso? É claro que não! Com um bom planejamento financeiro e as estratégias certas você pode se preparar para empreender e alcançar sua independência em 2018! Confira nossas dicas para chegar lá.

Trabalho em CLT, mas quero empreender

Essa é uma situação bastante comum. Você está em um emprego fixo e com carteira assinada, mas tem o desejo latente de ter o próprio negócio. A melhor solução é abandonar tudo do dia para a noite e começar a empreender já? Provavelmente não.

O ideal aqui é que você pense muito bem e planeje seus passos com cuidado. Primeiro avalie o tipo de negócio no qual deseja investir e reflita sobre essas duas questões: quanto você precisa ter em caixa para começar a fazer o negócio funcionar? E é possível conciliar seu emprego atual com o início da empresa?

Se perceber que pode adaptar sua rotina para manter o emprego por um tempo, enquanto o seu empreendimento engrena, estará apostando em uma opção que pode dar um pouco mais de trabalho, mas será a mais segura.

Caso chegue à conclusão de que realmente vai ter de abandonar o emprego para iniciar o negócio, calcule quanto precisa para começar a operação e se manter por alguns meses até que a empresa comece a lucrar. Nesse caso, você faz um planejamento financeiro e vai poupando o seu salário até que tenha o suficiente para sair do emprego formal e se tornar um empreendedor.

 

Estou desempregado e pretendo abrir um negócio

Uma das principais características de um empreendedor é enxergar oportunidades nas adversidades da vida. Se, no momento, você está desempregado, essa pode ser a hora ideal para começar a sua própria marca.

É claro que esse é um momento bastante delicado e todas as decisões precisam ser muito bem planejadas para que o seu empreendimento tenha sucesso e você volte a ter uma renda fixa o quanto antes. Por isso, tenha muito cuidado na preparação.

Tire um tempo para pensar nos tipos de negócio nos quais você mais gostaria de trabalhar, tem experiência ou poderia se especializar e que têm uma boa demanda de mercado. Visite feiras dos segmentos que te atraem, estude sobre empresas que já estão nesse setor e monte um verdadeiro dossiê para desenhar o seu plano de negócio.

Se sentir que precisa de capacitação, existem diversas formas gratuitas ou com custo baixo para que você possa aprender mais sobre empreendedorismo, e são elas que você deve buscar.

Se tiver recebido uma rescisão, você pode investir parte do valor na sua nova empresa e manter uma reserva para os primeiros meses. Caso não tenha esse valor disponível, também existem algumas alternativas. Uma delas é pedir um financiamento.

Existem linhas de crédito específicas para empreendedores com taxas de juro bastante atrativas e você pode até usar bens, como um veículo, como garantia para viabilizar o empréstimo.

O importante, se você está em uma situação de desemprego e quer empreender, é ter calma para se preparar bem e fazer um investimento certeiro, que tenha as maiores chances possíveis de dar certo.

Quem tem um orçamento reduzido, pode começar, por exemplo, com um negócio virtual, como um e-commerce. Trabalhando em home office por meio da internet, você reduz os custos e entra em um mercado com altas possibilidades de sucesso!

Então, não tem mais desculpa! Independentemente da situação em que você está, dinheiro não é mais problema! Escolha a melhor alternativa, faça um planejamento completo e empreenda em 2018!

 

Fonte: https://uolhost.uol.com.br/academia/noticias/gestao-de-empresas/2018/01/08/como-se-preparar-financeiramente-para-empreender.html#rmcl

Transplante de medula óssea: mitos, verdades para que serve

 

Conheça esse procedimento e responda as principais dúvidas que o envolvem – ele é mais simples do que se imagina e combate várias doenças

 

Leucemia e outros tipos de câncer, imunodeficiências e mais problemas da pesada podem ser tratados ou mesmo curados com o transplante de medula óssea. “E os doadores voluntários, cada vez mais escassos, ajudam milhares de pacientes” afirma o onco-hematologista Celso Massumoto, em comunicado.

Coordenador da área de Transplantes de Medula Óssea do Hospital 9 de Julho, em São Paulo, Massumoto explica que a doação é simples, rápida e nada burocrática. Mais do que isso, a pessoa pode fazer várias vezes ao longo da vida, sem qualquer prejuízo para a saúde.

É basicamente assim: o voluntário visita o centro, faz um cadastro e retira 5 mililitros de sangue. Esse material será analisado para verificar componentes da medula que indicam a compatibilidade com outros pacientes.

Além disso, os especialistas verificam se há alguma doença que poderia ser transmitida a quem receberia a doação. Ou seja, de quebra você ganha um checkup rápido.

A partir daí, é só esperar. Quando alguma pessoa compatível com sua medula necessitar de um transplante, os especialistas entram em contato para fazer o procedimento da doação em si.

Para explicar esse processo e resolver outras dúvidas sobre o tema, Massumoto elencou os principais mitos e verdades sobre o transplante de medula óssea. Confira:

 

 

1) Qualquer pessoa pode doar a medula – Mito.

Não há muitas restrições, mas os doadores devem ter entre 18 e 55 anos e não possuir doenças infecciosas, câncer ou deficiências no sistema imunológico, como lúpus ou diabetes tipo 1. No mais, eles precisam estar em ótimo estado de saúde.

2) A doação é dolorosa – Depende.

O incômodo pode ser de leve a moderado. E há duas formas de fazer.

Em uma, o doador é anestesiado e, então, o médico faz punções da medula dos ossos da bacia com uma espécie de seringa.

Na outra, mais moderna, um tipo de tubo é ligado a uma veia perto da bacia do paciente. Por meio de uma máquina, células da medula óssea são coletadas. Esse processe se chama aférese.

3) Posso doar mais de uma vez – Verdade.

A medula se regenera em 15 dias após a doação. Caso seja encontrado um novo paciente, dá pra repetir o processo após esse período. Em resumo, um único doador pode ajudar muita gente.

4) Eu volto às atividades diárias rapidamente – Verdade.

A recomendação médica são três dias de repouso. Como a doação é prevista em lei, dá para se ausentar do trabalho sem crise e receber atestado médico, dependendo do estado de recuperação.

5) O processo de doação é burocrático – Mito.

É possível se cadastrar como doador em hemocentros de qualquer estado. Você encontra o mais perto da sua casa clicando aqui.

O cadastro é guardado no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que é o órgão responsável por procurar voluntários compatíveis entre as pessoas cadastradas.

Como o processo envolve a coleta de sangue e uma pequena entrevista para verificar o estado de saúde do indivíduo, é realmente necessário visitar algum centro presencialmente.

6) Atualizar o cadastro ajuda na hora da doação – Verdade.

É comum que alguns anos se passem antes de o doador ser chamado. E, nesse tempo, você talvez tenha mudado de casa ou telefone.

Para que as instituições consigam entrar em contato com você, mantenha o seu cadastro atualizado. Os voluntários já registrados no REDOME podem fazer isso por aqui.

 

7) A doação só vale para minha cidade – Mito.

O banco de dados dos voluntários é global. Caso não seja encontrado um doador no país em que o paciente está, há uma busca por pessoas compatíveis em outras nações.

Nesse caso, a coleta é feita no país de origem e o governo de cada país pode transportar o material até o receptor.

Fonte: https://saude.abril.com.br/medicina/transplante-de-medula-ossea-mitos-verdades-para-que-serve/

21 notícias falsas sobre saúde que muita gente acha ser verdade

 

No Dia da Mentira, discutimos 21 fake news que envolvem o nosso bem-estar – elas não fazem o menor sentido, mas são muito compartilhadas

Atualmente, a gente se depara com notícias falsas o tempo todo – são as chamadas fake news. O problema é que muitas delas são repassadas adiante, como se fossem verdadeiras. Mas o dia oficial mesmo de contar lorotas é hoje, 1º de abril – reza a lenda que a tradição vem lá do século 16 e começou na França. Aproveitamos a data para esclarecer algumas mentiras que envolvem a nossa saúde. Vamos lá:

 

1- Ao engolir o chiclete, ele gruda no estômago

Ok, a goma de mascar não é para ser engolida mesmo. Mas se ela escorregar goela abaixo, nada de desespero: a estimativa é que sairá nas fezes em até 24 horas. Só não vale fazer disso um hábito – daí, sim, há risco de acúmulo.

2- Hipotireoidismo engorda

Não adianta colocar os quilos extras nas costas da doença. O hipotireoidismo não engorda pra valer. Existe uma facilidade, sim, para retenção de líquidos – o que pode acrescentar mais ou menos uns três quilos à balança. E perder peso fica mais complicado porque a condição desacelera o metabolismo. Mas, ao tomar remédio, essa dificuldade acaba.

3- Uma dieta detox auxilia na eliminação de toxinas

O modismo é considerado um comportamento sem fundamentação científica. Isso porque rins, fígado, pulmões e pele já compõem um sistema sofisticado para debelar impurezas do organismo.

É possível, sim, que os rins fiquem sobrecarregados se um indivíduo abusar de proteínas e sal ao longo da vida. Mas não é uma dieta de poucas semanas que vai modificar o quadro.

Quem investir numa dieta detox pode mesmo notar um melhor funcionamento do corpo. Mas isso está ligado ao fato de que a alimentação passa a ser mais saudável.

Ora, trocar uma batata frita por um suco verde sempre fará bem. Só não dá para acreditar que isso vai ocasionar uma maior eliminação de toxinas.

4- Tomar friagem com cabelo molhado dá dor de garganta

Olha, esse hábito não é bacana realmente – mas não tem nada a ver com a possibilidade de a garganta raspar ou de uma febre dar as caras. O problema é o choque térmico que, se for muito intenso, pode levar a desfechos raros e sérios (como uma parada cardíaca).

5- Vacina causa autismo

Nada disso. O boato ganhou força com um artigo forjado por um médico britânico que associava o autismo ao uso da vacina tríplice viral na infância. Mas a história foi desmentida e o autor da lorota – bem perigosa, diga-se de passagem – perdeu seu registro profissional.

6- Mamografia eleva o risco de câncer de tireoide

Em um vídeo que circulou na internet, uma mulher informava que o badalado médico Drauzio Varella havia dado um alerta: os profissionais responsáveis pela mamografia, importante exame para flagrar o câncer de mama, não ofereciam às mulheres um protetor para a tireoide. O resultado é que a glândula ficaria suscetível aos efeitos da radiação, o que causaria tumores na região.

O médico desmentiu a informação – ele nunca deu declaração parecida. Fora que os raios emitidos na mamografia atingem sobretudo os seios — a dose que se espalha para outras regiões é considerada insignificante.

Não estamos dizendo que a radiação é isenta de danos. Em excesso, exames que usam raio-x podem, sim, provocar câncer. Mas o fato é que a mamografia, quando bem prescrita, oferece muito mais benefícios do que riscos.

Em resumo, siga a recomendação do seu médico quanto ao checkup contra o câncer de mama.

Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/21-mentiras-sobre-saude-que-muita-gente-acha-ser-verdade/

Estresse pode agravar ou até causar hipertensão: o que fazer

 

Controlar a tensão do cotidiano ajuda a abaixar a pressão arterial. E, com isso, afasta ataques cardíacos e derrames

 

Estar em alguma situação de perigo (ou de estresse) faz o corpo disparar uma reação conhecida como “luta ou fuga”. Nela, ocorre uma maior liberação de hormônios, como a adrenalina e o cortisol, que têm o efeito de subir a pressão arterial – e aqui mora o perigo em pessoas com hipertensão.

O objetivo do estresse é entregar mais sangue aos músculos e, assim, permitir uma resposta rápida à ameaça: partir para a porrada ou correr para um abrigo. Esse mecanismo foi primordial para a sobrevivência da nossa espécie na época das cavernas, quando havia inúmeros riscos na natureza.

“O problema é que hoje nosso organismo reage a uma briga de família ou a uma bronca do chefe de maneira similar a que se preparava para enfrentar um tigre-dentes-de-sabre”, compara a psicóloga Marilda Novaes Lipp, do Instituto de Psicologia e Controle do Stress, em São Paulo.

Trabalhar, cuidar da casa, pegar filhos na escola e enfrentar um belo trânsito no caminho: é fácil, fácil a tensão virar rotina. Hoje, 69% dos trabalhadores brasileiros se dizem estressados.

 

Aí sobra para as artérias e para o peito. “O indivíduo estressado continuamente permanecerá com a pressão num patamar mais elevado”, raciocina o fisiologista Antonio Claudio Nobrega, da Universidade Federal Fluminense. Portanto, qualquer atitude que vá contra esse nervosismo indiretamente afasta infarto, AVC e outras doenças cardiovasculares.

Abaixo, a professora Marilda aponta quatro maneiras de ficar longe do esgotamento físico e emocional.

Relaxe (do jeito que preferir)

Reserve um tempo do seu dia e faça algo que o deixe verdadeiramente feliz e calmo. Vale assistir a uma série de TV, ouvir música, dedicar-se a um livro…

Veja sempre o copo meio cheio

Tente analisar sua conjuntura com uma visão otimista, destacando os aspectos positivos, sem deixar de pesar e avaliar todos os pontos negativos.

Os efeitos no futuro

Questione-se: como esse fato vai afetar minha vida em um ano? Se for irrelevante, não há por que se preocupar. Essa pergunta permite libertar a mente de neuras desnecessárias.

A hora da ajuda profissional

Se mesmo assim o estresse teima prejudicar seu bem-estar, é bom consultar um psicólogo. A terapia fornece ferramentas para alterar alguns comportamentos.

Fonte: https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/estresse-pode-agravar-ou-ate-causar-hipertensao-o-que-fazer/

 

 

 

Trombose venosa é bem mais comum em quem vê TV demais

 

O excesso de horas em frente à televisão foi associado a casos de tromboembolismo, que causa de inchaço nas pernas à perigosa embolia pulmonar

 

Não são só as longas viagens de carro ou avião que promovem a formação de trombos (coágulos) nas veias. Segundo um estudo das universidades de Minnesota, Vermont e da Carolina do Norte (todas nos Estados Unidos), passar muito tempo vendo televisão quase dobra o risco do chamado tromboembolismo venoso, que pode deflagrar dor e inchaço na perna – ou uma embolia pulmonar, que pode até matar.
Os pesquisadores começaram identificando a quantidade de casos de tromboembolismo venoso entre 15 158 pessoas de 45 a 64 anos. Foram, no total, 691 episódios ao longo do experimento.
A partir daí, esses dados foram cruzados com as repostas de um questionário que, entre outras coisas, perguntava sobre a assiduidade com a qual os participantes viam televisão. Eles poderiam responder “nunca ou raramente”, “às vezes”, “frequentemente” ou “muito frequentemente”.
Pois bem: em comparação com quem quase nunca ligava o televisor, os mais aficionados pela telinha apresentaram uma probabilidade 71% maior de sofrer com trombose nas veias. É uma diferença considerável.
“Infelizmente, o estudo não permite traçar um limite máximo de TV por dia, porque não avaliou a quantidade exata de horas que as pessoas ficavam no sofá”, diz o angiologista Breno Caiafa, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ). “Mas ele alerta para a necessidade de não passarmos longos períodos imóveis em quaisquer situações do dia a dia”, completa.
Ou seja – e como você já deve imaginar –, não é que a televisão de alguma forma emite ondas maléficas para as veias. Longe disso. O que ela faz é nos deixar hipnotizados, sem mexer as pernas por horas a fio. E a imobilidade é um grande fator de risco para a trombose.
“O ideal é dar uma caminhadinha pelo menos a cada hora”, sugere Caiafa. “Mas, se a pessoa estiver no cinema, por exemplo, pode ao menos mexer os dedos dos pés, contrair a panturrilha e mudar a posição das pernas de tempos em tempos”, completa.

Fonte: https://saude.abril.com.br/…/trombose-venosa-e-bem-mais-co…/

 

CNH digital já está valendo em São Paulo

 

Depois de alguns estados já aderirem a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), chegou a vez de São Paulo aderir ao novo serviço, que já é válido em âmbito nacional. Na prática, a CNH digital facilitará a identificação, tanto para os condutores quanto para os agentes de trânsito. Sua autenticidade poderá ser comprovada pela assinatura via certificado digital do emissor ou via leitura QR Code. A Soluti, empresa especializada em segurança e Certificação Digital, desenvolveu uma solução que serve de apoio para a entrada em vigor da CNH-e, o S.DNA. A ferramenta tem como característica reunir informações pertencentes a um indivíduo, empresa ou produto através de um Certificado de Atributo que reúne os dados do usuário via autenticação. Também possui um recurso de comunicação de dados, compilando informações sobre um determinado usuário ou empresa para acesso à terceiros, via QR Code.
As novas carteiras de habitação passarão a usar o código na parte interna do documento, permitindo sua leitura com a câmera de um smartphone de forma fácil e acessível, evitando fraudes.
Como obter a CNH-e – Antes de baixar o aplicativo no smart-phone, o motorista deve ter um número de celular e um endereço de e-mail cadastrados na base do Denatran. Após isso, deve ser feito o download gratuito do app, que estará disponível nas lojas oficiais da Apple e do Google. Outro quesito é a aquisição de um certificado digital (pago), que irá permitir fazer todo o processo pela internet. Também será necessário fazer um cadastro no Portal de Serviços do Denatran. A partir daí o condutor cria um PIN de segurança. Facilidades da certificação digital para solicitação da CNH-e – O certificado digital é a identidade do condutor, no qual é integrada na CNH-e e armazena todas as informações da carteira impressa, garantindo a autenticidade do documento e tem como principais vantagens a praticidade, segurança e comodidade para o condutor. Detalhe: o valor jurídico é o mesmo do documento impresso.
A Carteira de Habilitação digital só pode ser gerada para quem tem a última versão da CNH impressa, que conta com um QR Code (código escaneável em aparelhos eletrônicos) na parte interna. “Já o QR-Code dará acesso ao banco de dados onde as informações ficarão registradas. Ele será único para cada carteira emitida. Mesmo que você não solicite a versão eletrônica da sua CNH, ela estará armazenada em um servidor seguro de cada Detran para ser usada por agentes de trânsito ou quem mais necessitar verificar a autenticidade das informações, checando se os dados que estão no documento físico são os mesmos que estão no banco do Detran, reduzindo a possibilidade de fraude.”, ressalta Lucas. Lembrando que o código está disponível nos documentos de habilitação emitidos a partir de 02 de maio de 2017.
Por questões de segurança, a CNH Digital é vinculada somente em um aparelho telefônico por vez. Portanto, em caso de perda ou roubo, será necessário informar o novo aparelho – utilizando a mesma senha de acesso – ao Portal de Trânsito para desblo-queio. Assim, a CNH Digital do aparelho anterior será bloqueada automaticamente após o desblo-queio do novo dispositivo.
O que muda para motoristas e agentes de trânsito?
No caso dos motoristas, poderão apresentar o documento de porte obrigatório de forma impressa como hoje quanto digital pelo seu smartphone. Ou seja, se esquecerem o documento em casa, basta apresentar o digital para não ser multado. No caso dos agentes, poderão consultar os dados do motorista por meio de um aplicativo de celular que funcionará mediante leitura do QR Code.

Fonte: http://jornalarua.com.br/cnh-digital-ja-esta-valendo-em-sa…/

 

Vagas de emprego pode ser consultadas por aplicativo

 

O trabalhador que procura emprego pode usar o aplicativo Sine Fácil para consultar as vagas oferecidas pelos órgãos vinculados ao Sistema Nacional de Emprego (Sine), incluindo as três unidades do Portal do Trabalhador de Osasco. Para isso, é preciso ter um celular ou tablet com acesso à internet e câmera que permita a leitura do QR Code (código de barras bidimenional), disponibilizado pelo Portal do Trabalhador após o cadastro para vaga de emprego. Após a instalação, basta escanear o código com a câmera do celular. Cerca de 680 mil trabalhadores já baixaram o aplicativo.

Fonte: http://www.webdiario.com.br/…/vagas-de-emprego-pode-ser-con…

 

Sintomas da menopausa e formas naturais de tratá-los

Do AtivoSaúde

Quando falamos em sintomas da menopausa, algumas pessoas podem encará-la como um problema de saúde. Mas a verdade é que menopausa não é doença e também não precisa ser encarada com sofrimento.

A palavra menopausa define a última menstruação da mulher. O que vem antes dela é o famoso climatério — aquele período marcado por calores repentinos, alterações de humor, desregulação hormonal etc. — e que costuma durar cerca de um ano até que a menstruação cesse de vez.

Só isso? Sim. Tanto a menarca quanto a menopausa fazem parte da vida de toda mulher, são acontecimentos totalmente normais e esperados e tampouco indicam que você “está ficando velha”.

Confira uma listinha com as principais alterações que podem aparecer e possíveis maneiras de lidar com elas no https://www.ativosaude.com/saude-da-mulher/sintomas-da-menopausa/

 

Prefeitura divulga lista de classificação para agente de saúde em Osasco

A prefeitura divulgou, na edição de terça-feira, dia 13, da Imprensa Oficial do Município de Osasco (IOMO), a classificação da seleção pública para o cargo de Agente Comunitário de Saúde. Os candidatos estão divididos entre as 35 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que integram o programa. Um dos critérios de inscrição foi residir próximo a esses postos de saúde.

O prazo original para divulgação seria em 8 de março, mas foi adiado, segundo a prefeitura, pela dificuldade técnica em fazer a divulgação da classificação por unidade. A classificação pode ser conferida no site www.osasco.sp.gov.br.

Fonte: http://www.webdiario.com.br/noticia/18072/sai-lista-de-classificacao-para-agente-de-sau

 

Apadrinhe uma criança

Buscando atender ao que preconiza o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, que diz que toda criança tem direito à convivência familiar e comunitária, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência Social, implantou, em 2017, o Programa “Laços – Apadrinhamento Afetivo”.

O Apadrinhamento Afetivo não é um projeto de adoção. Destinado às crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, que hoje vivem acolhidos em SAICA (Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes), o programa prevê a ligação afetiva entre esses jovens e os padrinhos. Os encontros entre eles são no mínimo quinzenais, e geralmente acontecem nos finais de semana. Quem se interessar pode fazer o cadastro na Secretaria de Assistência Social, na Rua da Saudade, 180, ou obter mais informações no telefone 2183-6713.

Fonte: http://www.osasco.sp.gov.br/noticias/voce-conhece-o-programa-lacos-apadrinhamento-afetivo

 

Meio Ambiente faz chamamento público para apresentação de propostas para planos municipais

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, torna público o Edital de Chamamento 01/2018/SEMA, cujo objetivo é conhecer os produtos, equipamentos e serviços realizados no mercado para elaboração de planos municipais, e assim dar sequência ao processo licitatório para contratação de instituição para a elaboração dos planos municipais de arborização e de educação ambiental.

Os planos municipais são ferramentas que permitem a continuidade de uma política pública elaborada a partir de diretrizes planejadas com base na peculiaridade do município e no perfil social, econômico, cultural e ambiental de uma população.

A Audiência Pública, aberta ao público, será realizada no dia 5/4/2018, a partir das 9 horas, na Sala Osasco, localizada no Paço Municipal (Avenida Bussocaba, 300 – Vila Campesina).

As instituições interessadas em apresentar seu know-how deverão se manifestar através do preenchimento do anexo II do edital até 30/3/2018.

SERVIÇO

Mais informações sobre o edital deverão ser solicitadas pelo e-mail dtea.sema@osasco.sp.gov.br ou pelo telefone (11) 3652-9107.

Fonte: http://www.osasco.sp.gov.br/noticias/meio-ambiente-faz-chamamento-publico-para-apresentacao-de-propostas-para-planos-municipais

 

O cenário atual da mulher no mercado de trabalho

Durante séculos, as mulheres enfrentaram dificuldades por onde passaram, desde a impossibilidade de votar até a violência doméstica sofrida diariamente. E ainda encontram dificuldades atualmente. O dia 8 de março foi instituído para homenagear, discutir e debater o papel da mulher na sociedade. Em suas respectivas áreas, algumas mulheres conseguiram realizar feitos e alcançar patamares jamais imaginados. Maria da Penha dá nome a Lei contra agressores masculinos, Simone de Beauvoir foi uma das maiores escritoras do século passado e Angela Merkel chegou ao cargo de Chanceler da Alemanha.

Apesar de todas as constatações, lutas contra o preconceito e aumento de mulheres no mercado de trabalho, a situação ainda não é a ideal. Isso porque os homens são predominantes em quase todos os setores. Segundo a vice-presidente de Expansão da Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Rio Grande do Sul, Simone Kramer, a desvalorização não impede as mulheres de lutarem por desenvolvimento e crescimento profissional, inclusive, por salários melhores ou equivalentes ao dos homens. “Cada vez mais as mulheres estão em maior número nos cursos de todos os tipos, na busca de sua ascensão profissional”, comentou a executiva.

Uma pesquisa realizada pelo IBGE, entre 2009 e 2013, registrou um aumento da presença feminina em vagas de trabalho formal, no Brasil. O público feminino atingiu 43% de participação, enquanto 57% ficaram com os homens. Apesar do crescimento, a diferença salarial ainda é grande. Segundo os dados coletados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2015, o salário de uma mulher formada com MBA é 34% menor comparado com um homem nas mesmas condições. Quanto maior o grau de instrução, maior é a diferença.

Para Simone o patamar alcançado pelas mulheres é louvável, mas a luta ainda não terminou. “São séculos de uma cultura onde a mulher foi vista como um ser inferior. Movimentos, estudos e pesquisas que demonstrem o diferencial da contribuição feminina no mercado de trabalho são de extrema importância na busca deste reconhecimento e necessidade de igualdade”, finalizou.

Fonte: http://www.abrhrs.org.br/noticia/o-cenario-atual-da-mulher-no-mercado-de-trabalho

 

Shopping União oferece cursos gratuitos de doces e ovos de páscoa

Páscoa é sinônimo de doces a base de chocolate, essa afirmação é indiscutível. E para que as pessoas possam celebrar a data em grande estilo ou até aproveitar a ocasião para obter uma renda extra, o Shopping União de Osasco terá, em sua grade de cursos gratuitos em março, diversas aulas que ensinam a fazer doces e artesanatos característicos.

Os interessados poderão se inscrever na Central de Cursos, de segunda a sexta-feira, das 14h às 16h30 e das 17h30 às 21h. A Central de Cursos fica no Piso Avenida, corredor de serviços (próximo ao Poupatempo). Em culinária, alguns dos cursos oferecidos são o de elaboração de “Cupcake de Páscoa e mini bolo no pote”, “Ovos de Páscoa com Casca Recheada e Bombons”, “Recheio de Ovos de Páscoa”, entre outros. Em artesanato, será possível aprender a fazer “Patch aplique em toalha”, Mini cesta em pedraria”, “Suporte para pulseiras” e “Pintura em tecidos”.

Fonte: http://correiopaulista.com/2013/shopping-uniao-oferece-cursos-gratuitos-de-doces-e-ovos-de-pascoa/

 

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *